PRISCILLA MENEZES

Priscilla escreve, desenha, pesquisa e ensina. Acredita que a arte é um território onde se pode tomar impulso para realizar movimentos improváveis, feito um trampolim ou uma pista de decolagem, e que é também um campo com dimensões capazes de acolher os efeitos drásticos desse impulso, como uma pista de pouso ou uma piscina funda. Vive a vida entre mergulhos e voos. Escreveu o livro “Erro tácito” publicado em 2017 pela Editora Patuá.  

 EU VOU INVADIR OS LATIFÚNDIOS QUE CERCARAM A MINHA CARNE